ÓRTESES:

Onico: Unha

Órtese: aparelho que auxilia no tratamento e/ou correção de um membro

Onicoórteses:

São técnicas desenvolvidas por podólogos e usadas também por alguns dermatologistas para correção da lâmina ungueal.

Técnicas para auxiliar na

  • Recuperação
  • Reestruração
  • Modificação da lâmina ungueal

A aplicação das órteses, de imediato, alivia a dor e não atrapalha em nada a vida do cliente. A opção pelo uso e o tipo de órtese a ser colocado, deve ser uma atitude consciente, determinada pela real necessidade de acordo com o formato da lâmina ungueal.

O processo é lento, porém, progressivo e requer manutenção.

As órteses são indicadas nos casos de:

–              Onicocriptose;

–              Onicofose;

–              Traumatismos por calçados;

–              Traumatismos mecânicos acidentais;

–              Corte incorreto das lâminas ungueais;

–              Auxílio no tratamento de onicomicose.

Técnicas básicas de onicoórtese:

1 – Metálica

2 – Fibra de Memória Molecular

3 – Acrílica

1 – Órtese Metálica: fio ortodôntico com mola (no formato de omega) que tem a finalidade de corrigir a lâmina ungueal através de tração até atingir o formato ideal. Adesão com cola instantânea ou resina acrílica através de brackts.

2 – Órtese de Fibra de Memória Molecular: trata-se de uma fibra de vidro com resina epóxi. Esta fibra obedece a princípios da física, sua tração sobre a lâmina ungueal devolve-lhe o formato ideal. É mais indicado para correção de casos brandos, para manutenção ou ainda como reforço na continuidade do tratamento.

3 – Órtese Acrílica: resina acrílica pó + líquido acrílico (acrílico auto polimerizante). É a técnica mais antiga e tem resultados excelentes. Também tem como objetivo aliviar as pressões laterais que os dedos vizinhos e os calçados exercem sobre as unhas; e substituir a ausência de parte da lâmina ungueal.